quarta-feira, 16 de maio de 2012

Bunjil e Bellin-Bellin

Foto de Hyeongchol Kim

O deus-águia Bunjil foi responsável por decorar a terra com vegetação variando de musgo e grama para as altas árvores. Ao ver a flora estática, enquanto a vida animal corria por todos os lados, Bunjil se deu conta que tinha esquecido de dar-lhes vida. Então, pensou:
"Deve haver movimento, pois a vida é um estado pulsante de incessante atividade. Deve ter movimento do ar para correr as nuvens em suas costas, ventos fortes para dobrar as árvores e uma brisa intermitente para que as aves flutuem e tornem-se fortes."
Chamou o astuto deus-corvo Bellin-Bellin - de cor arroxeada que caregava um saco amarrado no pescoço com todos os ventos - e pediu que liberasse alguns dos ventos. Bellin-Bellin cautelosamente abriu um canto da bolsa e uma brisa suave correu através das terras ocidentais, outra para o leste, outra para o sul, e um feroz vento mais frio para o norte. As árvores começaram a balançar seus ramos e os pásssaros e os insetos cantaram em louvor.

Bunjil pediu um último vento, mais forte e mais frio, para desafiar todos os seres a serem corajosos em tempestades violentas e prepará-los para os anos ruins. Bellin-Bellin abriu um pouco mais o saco e um vento congelante rugiu em direção ao sul. Tão forte era o vento que dobrou as árvores mais altas e levou suas folhas. Bunjil também foi levado pelo vento junto com sua família (suas duas esposas e seu filho Binbeal, deus do arco-íris) para fora do mundo e montou um casa permanente no céu (viraram estrelas).

Bunjil e Bellin-Bellin são muitas vezes vistos como os dois lados da mesma moeda, o bem e o mal, o construtor e o destruidor. Alguns povos australianos, inclusive, separam-se em dois grupos que só podem se relacionar entre si.

3 comentários:

  1. se alguém souber a autoria desta foto, por favor, escreva nos comentários ou mande um e-mail para que apareçam os devidos créditos!!!

    ResponderExcluir
  2. Photographer Hyeongchol Kim captured the moment while photographing birds on the plains in Gyeonggi-do, South Korea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ótimo! vou colocar os devidos créditos!

      Excluir