domingo, 30 de agosto de 2015

Toda saga de Hércules

É a Héracles, filho de Zeus, que vou cantar,
ele que é de longe o maior dentre os que habitam a terra.
Aquele a quem Alcmena, na Tebas de belos coros,
deu a luz, após unir-se ao Crônida de sombrias nuvens.
Errou e sofreu, primeiro, sobre a terra e no mar imensos;
em seguida triunfou, graças à sua bravura,
e, sozinho, executou tarefas audaciosas e inimitáveis.
Agora, habita feliz a bela mansão do Olimpo nevoso
e tem por esposa a Hebe de lindos tornozelos.

Hino de Homero a Herácles
Hércules barbudo coberto por pele de leão.
Estátua romana de mármore, séc. I.
Metropolitan Museum of Art, EUA.
Homero escreveu em oito versos o que fico prometendo desde que comecei esse blog em janeiro de 2010: contar a história de Hércules. Então, inspirado pelo interesse do meu sobrinho de 4 anos, posso dizer: chegou a hora finalmente!

Foram meses de pesquisa para chegar a um resultado satisfatório, pois é extremamente difícil encontrar uma ordem racional e cronológica coerente nesta saga épica que evoluiu ininterruptamente, da época pré-helênica à antiguidade greco-romana. Creio que ainda encontrarei muita coisa interessante e farei as devidas atualizações caso isso aconteça.

A partir de amanhã toda a saga do herói mais famoso das mitologias aparecerá aqui no blog às segundas-feiras. Do nascimento à morte, passando pelas serpentes do berço, pelos Doze Trabalho (é claro)... e olha... tem tanta história legal que só deve acabar em 2016!!!

PS.: Um agradecimento a Renato Kress e sua extensa biblioteca (e sabedoria).


PARTE: I - II - III - IV - V
TRABALHO: I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII
PARTE: VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - Livro

Um comentário:

  1. E que comece a longa saga do mais famoso herói da Mitologia.

    ResponderExcluir