sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Higéia

Cópia romana de estátua grega em mármore
Higéia era a deusa da saúde, da limpeza, do saneamento e da higiene, uma das três filhas de Esculápio, o deus grego da medicina. Por essa razão, era comumente adorada em conjunto com seu pai, porém, enquanto seu pai era diretamente associado à cura, Higéia estava mais relacionada com a prevenção das doenças e à continuidade da boa saúde. É dito que a deusa Atena ocupava essa função, até que o Oráculo de Delfos passou a divulgá-la como deusa independente após uma praga catastrófica ocorrida na cidade de Atenas no século 5 a.C. O culto a Esculápio na Antiga Romana tornou-se tão importante que o deus chegou a ser relcionada ao sol, enquanto Higéia seria a lua. Havia inclusive um templo a Higéia no grande santuário de Esculápio em Epidauro, aonde as pessoas iam tentar ser curadas de suas doenças.

Higéia não era avessa ao trabalho: cooperativa e cuidadosa, gostava de agir com perfeição. Suas estátuas mostram uma jovem e bela mulher alimentando uma enorme serpente que circunda seu corpo com uma pátera (taça, jarra ou tigela). Essa cobra é uma das que circundam o bastão de Esculápio no símbolo da medicina (a Serpente de Epidauro), e a taça resultou numa representação da profissão farmacêutica. Às vezes, é acompanhada por Telesforos, uma anão encapuzado que - possivelmente - era seu irmão. Ele simbolizava a recuperação e era uma divindade muito respeitada na Trácia.

Algumas vezes, é chamada apenas de A Saúde, ou de Higia. Sua equivalente romana é Sallus, e chegou a ser comparada a Sirona.

Parte da pintura A medicina, de Gustav Klimt

6 comentários:

  1. Se bem entendi a deusa Atena, após não cumprir a função de proteção diante de uma grande praga, foi transformada em deusa independente (ou seja, perdeu o posto mas não a posição de deusa). Ai, ai, até na Mitologia surgem stiuações que lembram certos acontecimentos num certo país.

    ResponderExcluir
  2. agradeço à citação do blog "Microbiologia e Epidemiologia Veterinária", de Juliana Arena Galhardo (http://higeya.blogspot.com.br/p/sobre-m-higeya.html)!

    continuem por aqui!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado meu ajudou muito na minha pesquisa !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Esse é um dos objetivos do blog! Continue por aqui!

      Excluir
  4. Muito interessante o texto. Parabéns! Qual é a fonte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá luciane! lá em cima tem uma aba só com a bibliografia utilizada nesse site e uma aba só com os sites. dê uma conferida!

      Excluir